Transtornos alimentares e juventudes

11/10/2021 a 14/10/2021

O número de adolescentes com transtornos alimentares aumentou durante a pandemia. Um estudo da Universidade de Michigam, nos EUA, publicado recentemente na revista Pediatrics, alerta para aumento de casos de transtornos como compulsão alimentar, bulimia e anorexia nesse público, registrados em clínicas e hospitais norte-americanos. E no Brasil, a percepção dos especialistas é de que essa situação se repete. Por isso, o programa desta semana explica os principais tipos de transtornos alimentares entre os jovens, como identificá-los e preveni-los, bem como a relação desses transtornos com a pandemia. Confira!

Entrevistada:
Ana Maria Lopes – psiquiatra infantil e professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG.

Outubro rosa: um toque de prevenção

De 4/10 a 7/10/2021

O mês de outubro chegou e, assim como todos os anos, a campanha “Outubro Rosa” tem o seu lugar reservado no calendário. Desde 1990, a campanha tem contribuído na conscientização de milhares de homens e mulheres sobre a importância do controle da doença, especialmente diante de números tão alarmantes: dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimam mais de 66 mil novos casos da doença no Brasil só em 2021. Por isso, é importante saber como identificar esse tipo de câncer precocemente, quais são seus tipos e características, assim como os avanços nos tratamentos. Todas essas informações, você confere nesta edição especial de entrevistas.

Entrevistada:
Cristiana Buzelin 
– médica especialista em patologia mamária e professora adjunta do Departamento de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina da UFMG.

Doação de órgãos – a vida continua

O Brasil é o segundo país do mundo em número de transplantes hepáticos e renais, de acordo com dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos de 2020.

Mas ainda há muitas pessoas que aguardam por um órgão ou tecido: são cerca de 45 mil no Brasil. Por isso, neste Setembro Verde e no Dia Nacional da Doação de Órgãos (27/9), é reforçada a importância desse ato de amor à vida e ao próximo e de verbalizar o desejo de ser doador aos familiares.

Na série do Saúde com Ciência, confira como funciona a doação, quais critérios são levados em conta nas filas de espera, mitos e verdades sobre o tema e como a pandemia tem impactado na doação.

Entrevistado:
Charles Simão – professor do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFMG e ex-diretor do MG transplantes.

Cuidar do meio ambiente é cuidar da saúde

20/9 a 24/9/2021

De laranja a vermelho, quanto mais predominante essas cores ao pôr do sol, maior o indício de ar poluído. Com isso, podem se tornar mais comuns sintomas como falta de ar, boca seca e queimação na garganta. Além da queima dos combustíveis fósseis, os incêndios florestais também alimentam a poluição do ar e as emissões de gases de efeito estufa. E como as alterações no meio ambiente podem impactar na saúde? O Saúde com Ciência desta semana explica quais as consequências do desmatamento, da produção excessiva de lixo sólido, da poluição do ar e das queimadas na saúde e qualidade de vida. Confira!

Entrevistado:  Marcus Vinícius Polignano – coordenador do Projeto Manuelzão e professor do Departamento de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Medicina da UFMG

Saúde mental: cuidar para não adoecer

3/9 a 16/9/2021

O mês de setembro já é reconhecido em todo o país como o mês oficial para a campanha de prevenção ao suicídio. Esse é um tema ainda visto como tabu, mas é importante falar sobre, principalmente com dados tão alarmantes: o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos e cerca de 800 mil pessoas morrem vítimas de suicídio todos os anos, segundo Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Neste programa, especialistas explicam a importância de priorizar a saúde mental, como a pandemia tem impactado as crianças e quais são as dicas para prevenir o adoecimento psíquico nesses tempos tão difíceis.

Entrevistados:
Antônio Alvim Soares – psiquiatra e professor do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG.

Débora Miranda – professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG e coordenadora de estudo sobre saúde mental das crianças na pandemia.

Humberto Corrêa – professor titular do Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG e presidente da Associação Latino-Americana de Prevenção ao Suicídio.

Entenda melhor a variante Delta

Enquanto a vacinação avança, a presença de uma nova cepa, a variante Delta, voltou a causar insegurança. A mais perigosa das mutações do coronavírus obrigou diversos países a repensar sua estratégia para lidar com a doença. E aqui no Brasil, como fica? No Saúde com Ciência desta semana vamos esclarecer todas as dúvidas sobre essa cepa, que progride no país. Confira! 

Entrevistado: Unaí Tupinambás
– infectologista e professor do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da UFMG

Esclerose múltipla: conhecer para uma vida melhor

De 30/8 a 2/9

A esclerose múltipla é uma doença neurológica, crônica e autoimune que atinge 30 mil brasileiros. No dia 30 de agosto, comemora-se o Dia Nacional de Conscientização Sobre a Esclerose Múltipla. Isso porque ainda existe muita desinformação sobre essa doença, o que faz com que seja estigmatizada. Por isso, o Saúde com Ciência esclarece quais são os sinais e sintomas da esclerose múltipla, tratamentos e como está a situação dessas pessoas agora na pandemia.

Entrevista: 
Marco Aurélio Lana – professor do Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da UFMG e coordenador do Centro de Investigação em Esclerose Múltipla de Minas Gerais (Ciem).

Agosto Dourado: amamentar é um ato de amor

23/8 a 26/8/2021

O aleitamento materno é padrão ouro da alimentação infantil. Por isso, a cor usada em campanhas para identificar a importância desse alimento é o dourado. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o aleitamento reduz em 13% o risco de mortalidade da criança até os 5 anos. E neste “Agosto Dourado”, que é o mês dedicado à promoção da amamentação, vale ressaltar que todos nós temos um papel na manutenção desse ato, que é um ato de amor. Confira a série especial desta semana e entenda a importância da rede de apoio na amamentação, a relação entre o aleitamento e mercado de trabalho, quais os benefícios e mitos que prejudicam esse ato. 

Entrevistada:
Maria Cândida Ferrarez Bouzada
 – pediatra e professora do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina da UFMG

Saúde do homem: é hora de se cuidar

16/8 a 19/8/2021

Além do “Novembro Azul” – que é o mês mundial de combate ao câncer de próstata – a campanha “Agosto Azul” busca orientar e conscientizar a população masculina sobre a importância de manter hábitos saudáveis. Muitos homens só buscam os serviços de saúde quando o problema já está instalado, o que pode trazer mais sofrimento e maior mortalidade. Para se ter uma ideia, pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia mostra que embora tenha aumentado em 49,96% a procura do homem pelo médico entre 2016 e 2020, eles estão bem atrás das mulheres em termos de atenção à saúde. Por isso, o Saúde com Ciência desta semana debate aspectos importantes na saúde dessa população. Confira!

Entrevistado:
Daniel Xavier Lima 
– urologista e professor do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFMG

Agosto Lilás: conscientização pelo fim da violência contra mulheres

9/8 a 12/8

A campanha “Agosto Lilás”, criada em alusão a Lei Maria da Penha e sancionada em 2006, tem por objetivo o combate à violência contra a mulher.  Cerca de 17 milhões de mulheres sofreram violência física, psicológica ou sexual no último ano, segundo pesquisa do Instituto Datafolha encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Por isso, o programa de rádio Saúde com Ciência explica quais os tipos mais comuns de violência contra a mulher e como combatê-las. Confira!

Entrevistada:
Elza Machado de Melo
– professora titular da Faculdade de Medicina da UFMG, coordenadora do Mestrado em Promoção de Saúde e Prevenção da Violência na Faculdade e coordenadora do Projeto Para Ela, Por Elas, Por Eles, Por Nós, que atende mulheres em situação de violência e vulnerabilidades.